No Espaço Colo a Terapia Ocupacional prioriza a clínica e o cuidado de gestantes, pais ou cuidadores, bebês e crianças.

Trabalhamos no acolhimento, na escuta e tratamento às questões psíquicas que envolvam toda a gravidez, o parto, o pós-parto e as relações pais, bebês, crianças, famílias posteriores, na Intervenção a Tempo *e em atendimentos grupais ou individuais nos impasses à constituição psíquica e ao desenvolvimento.

Atuamos, ainda, em situações cotidianas, como os cuidados básicos com o bebê, o    aleitamento materno, as rotinas, o sono, a alimentação, estratégias para acalmar, relaxar o bebê e a mamãe, desmame, desfralde, a volta da mãe ao trabalho, através de Oficinas*, entre outras modalidades de atendimento.

Nossas Intervenções Clínicas partem do pressuposto que impasses na constituição psíquica interferem de forma decisiva no desenvolvimento da criança: na cognição, na linguagem, na psicomotricidade, na sensorialidade, no brincar, na autonomia, em suas atividades de vida diária , na sua socialização , sendo que ambos dependem das relações familiares.

 Esses impasses, são sinais de alerta de que algo não vai bem com a criança e quanto mais cedo forem detectados e tratados , maiores serão as chances de uma resposta efetiva ,considerando  que a infância é o momento de maior neuroplasticidade e é o alicerce para a construção da constituição psíquica.

As Intervenções da Terapia Ocupacional se traduzem por manejos clínicos , de  modo a produzirem efeitos amplos tanto nos aspectos orgânicos como nos psíquicos indissociavelmente implicados no desenvolvimento, assim como nas questões ligadas às relações da criança com sua família, sua comunidade, sua escola, seu lazer, seu brincar, suas atividades de vida diária, respeitando a singularidade de cada uma.

A Terapia Ocupacional tem como principais instrumentais terapêuticos as atividades que se expressam através de linguagens pré-verbais, verbais, plásticas (como o desenho, a pintura, a modelagem), gestuais, corporais, do brincar, dos jogos e do cotidiano da criança. Possuem função diagnóstica e terapêutica. A formação teórica e clínica do terapeuta é que irão determinar a forma de ler essas linguagens, assim como direcionar suas intervenções.

Para a criança essas atividades são uma forma protegida de dar voz a seus sentimentos, emoções, desejos, fantasias, suas experiências, pela via simbólica. Dessa forma abre-se a possibilidade para que a criança crie, transforme, ressignifique, o que lhe faz questão

Os atendimentos poderão ser individuais, grupais, domiciliares ou em setting ampliado (parques, praças, teatros, etc.). Construímos espaços de escuta e suporte às famílias, interlocução com escolas, parcerias com a Educação Inclusiva e especialidades, numa elaboração conjunta do Projeto Terapêutico.

Temos ampla experiência no atendimento de bebês e crianças que apresentam algum sinal de risco à constituição psíquica e em seu desenvolvimento assim como casos de sofrimento psíquico mais complexos como :Quadros Depressivos, Psicossomáticos, Transtorno do Espectro Autista, Psicoses e outros.

Oferecemos, ainda, supervisões e ampliação da formação teórico-clínica destinadas a profissionais e acadêmicos.

Open chat
Atendimento Online!